Raphaella Torres* e Rebeca Borges* | Correio Braziliense
Mulheres negras de diversos países comemoram, na próxima quarta-feira, o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha. A celebração foi instituída em 1992, ano em que ocorreu o primeiro encontro de mulheres negras da América Latina e do Caribe, na República Dominicana. Além disso, no Brasil, na próxima quarta-feira comemora-se  também o Dia da Mulher Negra, instituído em 2014, em homenagem à líder quilombola Teresa de Benguela, a rainha Teresa, como ficou conhecida. Ela foi o símbolo da resistência negra na região do Vale do Guaporé, no Mato Grosso, no período de 1750 a 1770.