Disputada na França, a Copa do Mundo Feminina de Futebol foi a maior edição da história do torneio. Além de ter tido uma visibilidade muito maior em relação às edições anteriores, ela também foi marcada pela luta pela igualdade salarial entre homens e mulheres.